Make, Coisa e Tal - makecoisaetal.com.br
TESTAMOS
Terça - 19 de Novembro de 2013 às 15:20
Por: Tina Szabados

    Imprimir


Depois que o óleo de Argan surgiu no mercado e as brasileiras criaram o hábito de usar o produto nos fios (sim, porque antes do Argan, poucas pessoas curtiam usar óleo nas madeixas, embora já existissem vários tipos de concentrados como o óleo de uva, o de abacate, o de amêndoas...), vários outros óleos de beleza, com ingredientes mais elaborados e até importados, surgiram como mais uma alternativa à hidratação dos fios. O Monoi é um desses óleos. 

Trata-se de uma alternativa mais barata ao Argan, já que a matéria prima, ao contrário do Argan, é de fácil acesso. Ele é feito a partir de óleo de côco (Cocos Nucífera) e de flores de Tiaré (Gardenia Tahitensis) - originárias do Thaiti, maceradas. Serve para nutrir e hidratar profundamente os cabelos e, quando puro, também pode ser aplicado na pele (aliás, nas ilhas que compõem o arquipélago da Polinésia francesa, o Monoi é utilizado como óleo bronzeador. Dizem por lá que o produto evita a desidratação da pele durante a sua exposição ao sol, embora não proteja contra a radiação ultravioleta). 

Segundo alguns especialistas, por ter moléculas menores, o Monoi consegue penetrar mais profundamente nos fios e, por isso, apresenta um efeito hidratante maior do que o do óleo de Argan. Será…???

Esse eu ganhei da Amend. O produto foi lançado em setembro - durante a Beauty Fair, em São Paulo, junto com outros óleos da linha Millenar Oil. Posso dizer que o produto entrou para a minha lista de produtos preferidos para os fios. 

De cara, achei a embalagem linda! Mas confesso que não curti muito o pump que vem no frasco. Achei meio duro e, quando já estamos com a mão suja de óleo, fica meio complicado retirar o produto. Não sei se isso acontece com todas as embalagens ou se foi um problema só na minha... 

Quando abri o produto, amei o perfume: delicioso, docinho e quente. O aroma lembra o perfume Classique, de Jean Paul Gaultier! Não é enjoativo e mesmo quem não curte fragrâncias doces, pode usar porque o cheirinho some rápido.

Nos fios, o óleo foi outra agradável surpresa. Bem fininho, ele espalha fácil no cabelo, que fica brilhoso, macio, super comportado e até mais elástico! O Monói realmente é supeeer hidratante, mas tem que usar pouquinho, para não pesar nos fios, ok?! 

Nas fotos acima e abaixo, detalhe para o aspecto dos fios logo depois de passar o Óleo Monoi da Amend. As fotos foram feitas sem flash e com luz natural.  Cabelos secos, lavados há dois dias e sem escova. 

Ele também é clarinho, transparente. Porque isso é bom? Quem tem o cabelo loiro, costuma reclamar que o Argan dá uma arelada nos fios. Então, esse óleo também é uma alternativa para as loiras! No momento, meu cabelo está com a cor natural: loiro médio. Então, curti! :-)

Uso como tratamento cosmético. Faço assim: aplico uma vez por semana, logo depois de lavar o cabelo, com os fios ainda úmidos. E pronto! Caso você queira usá-lo em uma mega hidratação, a dica é passar o produto, em uma quantidade maior, já com os fios limpos e úmidos. Aguardar alguns minutos (quando faço assim, deixo agir por 15 minutos) e depois enxaguar. Você também pode usá-lo na pré-escova e como finalizador.

E você, gosta de Óleo Monoi? Já usou esse da Amend? Conta para mim o que achou!





Autor

Tina Szabados
contato@makecoisaetal.com.br

Tina Szabados - Jornalista por formação. Blogueira por acaso. Carioca, mãe de dois anjos azuis (TEA - Transtorno do Espectro Autista) e quarentona.

Comentários (pelo Facebook)

URL Fonte: http://makecoisaetal.com.br/noticia/58/visualizar/