Make, Coisa e Tal - makecoisaetal.com.br
PERFUME
Terça - 28 de Outubro de 2014 às 11:49
Por: Tina Szabados

    Imprimir


Quando fiquei sabendo do lançamento do perfume Dolce, Dolce & Gabbana - dos estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana, fiquei bem curiosa. Afinal, a marca é sinônimo de elegância e de perfume gostoso, né gente? A SÉPHA me enviou o perfume para eu resenhar e contar para vocês as minhas impressões sobre a fragrância. Olha ele aqui:

Vamos começar pelo nome... "Dolce". A primeira vista, sugere um perfume doce, não? Mas, na verdade, é um floral verde (aquele tipo de floral refrescante, sabe?). Nada que faça referência às perfumes muito doces e açucarados. Diria que é um floral fresco suave (bem puxado para o floral e apenas com um toque verde). Acredito que o nome do perfume seja uma referência a Domenico Dolce - já que ele mesmo revelou, durante o lançamento do perfume, que a fragrância tinha um toque bem pessoal para ele: as terras da Sicília, sua cidade natal...

VEJA TAMBÉM

Perfume L'Eau For Her, Narciso Rodrigues
Resenha: Wonderstruck - Taylor swift, Elizabeth Arden
Resenha: The Key - Justin Bieber, Elizabeth Arden
Resenha:Giorgio Bervely Hills, Elizabeth Arden
Resenha: Killer Queen da Katy Perry

A embalagem é elegante e faz referência a um frasco de perfume vintage: grossa de vidro, clara, com linhas e curvas suaves. A tampa é uma flor branca (que tanto lembra a flor do mamoeiro, quanto à amaryllis - ambas, presentes nas notas de topo da fragrância). Além disso, a flor na tampa também é uma homenagem aos costumes da Sicília, criados para retratar as esculturas maçapão vistas em pasteleiros tradicionais sicilianos.

Logo abaixo da tampa, uma fita de gorgorão preta fina, evoca imagens das camisas brancas e laços que foram uma das primeiras assinaturas nos desfiles Dolce & Gabbana. Por fim, o toque mais pessoal de todos no frasco: "Dolce", assinado em um floreio de roteiro preto, uma réplica da própria assinatura do pai de Domenico Dolce.

A FRAGRÂNCIA

O perfume abre um pouco cítrico, meio floral verde...e depois se torna um buquê floral luminoso, vibrante, energético... Mas não é um floral comum. Realmente há algo meio diferente dos florais convencionais... Fiquei pensando se não é, justamente, a presença da flor de amaryllis, acompanhada da flor do mamoeiro e folhas de neroli ... Esse buquê inicial dura, em média, uns 20 minutos.

Depois o perfume ganha um toque mais aquático (graças à presença do lírio d'água e do narciso branco nas notas de coração) bem gostosinho. Permanece suave e um perfume para o dia, apesar de floral. Uma fragrância aberta, solar, sabe?

No meio da evolução do perfume, tive a sensação de sentir um cheiro bem verde... Algo meio parecido com o aroma da casca da goiaba verde... Acredito que tenha sido a união entre as notas do topo com as notas de coração, já que o cheirinho de goiaba verde não está nas notas do perfume...

A assinatura floral é contrabalançada pelo fundo de notas de musky, junto toques muito suaves de almíscar - que conferem um "ar" quente à fragrância - mas não chega a ficar atalcado na pele, como acontece com a maioria dos perfumes com almíscar... Misturados à presença floral, o perfume ganha um fundo amadeirado levemente adocicado, meio amendoado no final.

Se tivesse que dar uma referência de outro perfume conhecido, diria que o Dolce lembra muito o J'adore - só que com esse toque amendoado mesmo.A duração, na minha pele foi bem tranquila - em torno de 6/7horas. Ele tem uma boa projeção também - logo que a gente passa o perfume fica bem intenso e depois vai se tornando cada vez mais suave e gostosinho.

NOTAS
Notas de saída: Néroli e flor de papaya.
Notas de coração: Lírio d'água branco, Narciso branco e Amaryllis branca.
Notas de fundo: Musky, Almíscar, madeiras claras, tons de terra e especiarias picantes.

ONDE COMPRAR

Vende na SÉPHA, nesse link aqui

E aí, quem já conhecia o Dolce?





Autor

Tina Szabados
contato@makecoisaetal.com.br

Tina Szabados é graduada em Jornalismocom especialização em Comunicação Empresarial pela Universidade Cândido Mendes. É coordenadora de Comunicação na empresa Enfática Comunicação & Marketing, tem 38 anos e é mãe de um garotão de 11 anos de idade e de um bebezão de dois anos! Apesar de já ter trabalhado em várias áreas da comunicação, é fascinada pela imprensa feminina, onde atua como editora no site Make, Coisa e Tal.

Comentários (8) Faça um comentário

  • Tina
    Oi Rosana! Sim, dá sim =) Se você já usa florais durante o dia, vai usar esse sem problemas porque ele é bem suave. Quem ainda não é acostumada com florais, pode preferir usar à noite. De qualquer forma, dá pra usar bem - até no verão! Super beijo!!!

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 12:04h Responder
  • Tina
    Ownnnnnnnnnnn!!! Obrigada Débora!!! Super beijo!

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 12:03h Responder
  • Tina
    Sim, lembra um bocado Anelize! Bjs!!!

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 12:02h Responder
  • Tina
    Uau Cristiane! Super obrigada!!! Fico muito, muito feliz em ler isso. Tão bom quando gostam do nosso trabalho! *--* Super beijo!!!

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 12:01h Responder
  • Rosana
    Tina, eu adoro perfume floral. Você acha que dá pra usar de dia também?

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 12:00h Responder
  • Débora
    Uau! Quanta informação bacana sobre a embalagem - por isso que é bom ler a informação no lugar certo! Adorei a resenha!

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 11:59h Responder
  • Anelize Maia
    Já vi um monte de gente dizer que parece o jadore mesmo! Eu tô bem curiosa com esse perfume!

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 11:57h Responder
  • Cristiane
    Caraca! Os detalhes na tua resenha são os melhores! Entro em muito blog pra ler resenha de perfume e em nenhum eu encontro os detalhes que encontro na tua resenha Tina. Você sempre arrasa no texto e nas fotos. Adoro! Beijos!

    Terça - 28 de Outubro de 2014 às 11:56h Responder

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://makecoisaetal.com.br/noticia/208/visualizar/